20 coisas para fazer em Lisboa

0
290

Há muito o que ver e conhecer em Lisboa e seus arredores. São dezenas de monumentos, museus, praças, bairros e locais que não podem ficar fora do roteiro de quem quer conhecer a capital portuguesa. Por isso, é preciso planejar bem a viagem para não perder nada dessa encantadora e charmosa cidade. Mas não se preocupe que o Vida Portugal está aqui para te ajudar nessa tarefa!

Separámos 20 pontos turísticos imperdíveis de Lisboa que você não pode deixar de conferir pessoalmente. Vale lembrar que alguns ficam próximos, como a Torre de Belém, o Mosteiro dos Jerónimos, o Padrão dos Descobrimentos e os pastéis de Belém. Por isso, dá para incluir todas as sugestões numa viagem de sete dias, por exemplo. É só montar o roteiro de acordo com a proximidade e partir para o passeio!

1 – Castelo de São Jorge

A fortaleza construída no século XI em uma das regiões mais altas de Lisboa é uma das atrações mais famosas da cidade. É preciso muita disposição para subir e descer as escadas que margeiam as muralhas e as 11 torres. Mas, com certeza, um dos charmes do Castelo de São Jorge é a vista privilegiada da capital e do rio Tejo. O local possui vários miradouros que oferecem panoramas diferentes da cidade.

2 – Bairro Alto

Famoso ponto de encontro para quem busca a agitação das noites lisboetas, o Bairro Alto, com sua vasta oferta de bares e restaurantes e suas charmosas ruas estreitas de calçamento de paralelepípedos, é sugestão certa para quem busca a programação noturna típica de Lisboa. Durante o dia, porém, as ruas são tranquilas e perfeitas para uma manhã de turismo na capital.

3 – Chiado

Ao lado do Bairro Alto, o Chiado é uma das regiões mais boêmias de Lisboa, cheio de lugares históricos e belos prédios. O lugar já foi reduto de artistas, poetas, escritores e intelectuais portugueses. É lá que fica a Livraria Bertrand, em funcionamento desde 1732, e o centenário Café à Brasileira, um dos pontos preferidos do poeta Fernando Pessoa e que traz uma estátua do escritor na porta.

4 – Elevador de Santa Justa

O elevador foi construído em 1902 para facilitar o deslocamento entre a Cidade Baixa e a Cidade Alta. Ao longo de seus 45 metros de altura, é possível curtir uma lenta e gostosa viagem que vai descobrindo a cidade. O elevador dá acesso ao Miradouro de Santa Justa, de onde se tem uma belíssima visão de toda a Baixa e do Castelo de São Jorge.

5 – Convento do Carmo

O monumento é o que restou da antiga igreja do Convento de Nossa Senhora do Vencimento do Monte do Carmo, fundada em 1389 e uma das mais importantes de Lisboa. Além da estrutura do Convento do Carmo, é possível conferir um acervo formado por túmulos medievais, múmias pré-colombianas, esculturas antigas, peças romanas e outros itens históricos.

6 – Praça do Comércio

Era na Praça do Comércio, também conhecida como Terreiro do Paço, que eram recebidos os viajantes que chegavam pelo mar. A praça é a maior da cidade e tem no centro a estátua de D. José I. Outra beleza do local é o imponente Arco da Vitória, que liga o Terreiro à rua Augusta.

7 – Praça do Rossio

A praça Pedro IV, nome oficial do Rossio, é toda feita de pedra portuguesa, o mesmo material usado em vários pontos turísticos famosos, como o calçadão de Copacabana. O local tem várias atrações, como duas fontes barrocas e um pedestal que carrega a estátua de Dom Pedro, além do Teatro Nacional Dona Maria II, inaugurado em 13 de abril de 1846.

8 – Rua Augusta

Repleta de lojas dos mais variados segmentos e estilos, a região da Baixa é uma das melhores áreas quem quer fazer compras em Lisboa, mesmo que seja um souvenir para levar de recordação da cidade. A rua fica entre duas famosas praças da cidade, a Praça do Rossio e a Praça do Comércio. Por lá ainda é possível encontrar várias apresentações de artistas de rua.

9 – Andar de elétrico

Ele já entrou na rotina de muitos moradores de Lisboa, mas é fato que andar num elétrico é um passeio e tanto para os turistas e uma excelente maneira de circular por entre vários bairros históricos. O elétrico 28 é o mais famoso.

10 – Museu e Igreja São Roque

A Igreja de São Roque é um dos primeiros templos jesuítas do mundo, construída no século XVI. Nela está a “capela mais cara do mundo”, construída entre 1742 e 1750 e paga com ouro brasileiro. Ao lado da igreja está o Museu de São Roque de Arte Sacra, com um vasto acervo de pinturas, esculturas, tapeçaria e outros objetos valiosos.

11 – Museu Nacional do Azulejo e Museu dos Coches

São dois museus que, com certeza, não podem deixar de ser visitados. O Museu Nacional do Azulejo conta a história do azulejo em Portugal, desde as primeiras utilizações no século XVI. Outro encanto do local é o prédio que abriga o museu, o antigo Convento da Madre de Deus, fundado em 1509 pela rainha D. Leonor. Já o Museu de Coches, em Belém, abriga um acervo incrível de coches, alguns do século XVIII e decorados com pinturas douradas.

12 – Mosteiro dos Jerónimos

Situado no histórico bairro de Belém, o Mosteiro dos Jerónimos é uma imponente construção do século XVI de mais de trezentos metros de fachada. Pérola da época manuelina, o Mosteiro guarda os túmulos de Fernando Pessoa, Vasco da Gama e Luís de Camões.

13 – Torre de Belém

Construída às margens do rio Tejo para controlar a entrada de quem chegava pelo mar, a Torre de Belém é um dos monumentos mais icônicos de Lisboa. A torre foi construída entre 1514 e 1520 e marca o ponto de partida das expedições lusitanas até à Ásia, África e América, por isso, traz vários elementos que fazem referência ao período das navegações. Por dentro, o monumento é composto por cinco andares, que contam com sala do governador, sala dos reis, sala das audiências, capela e o terraço da Torre, de onde se tem uma vista incrível de Lisboa.

14 – Padrão dos Descobrimentos

O monumento construído de frente para o rio Tejo faz uma homenagem a alguns heróis portugueses, entre eles Vasco da Gama, Pedro Álvares Cabral, Infante D. Henrique e o poeta Luís Vaz de Camões. De cima do Padrão dos Descobrimentos, é possível ter uma das vistas mais bonitas da cidade, especialmente durante o por do sol.

15 – Pastéis de Belém

Você com certeza já ouviu falar nos famosos pastéis de Belém, um doce tipicamente português que ganhou fama em todo o mundo. É impossível ir a Lisboa e não saborear algumas unidades dessa iguaria única. O pastel original só pode ser experimentado em Belém, quase ao lado do Mosteiro dos Jerónimos – e com açúcar e canela salpicados por cima. Reza a lenda que a receita é secreta e guardada a sete chaves desde 1837.

16 – Oceanário de Lisboa

Considerado uma das atrações mais visitadas da Europa, o Oceanário de Lisboa foi eleito o Melhor Aquário do Mundo pela Travelers’ Choice do TripAdvisor. O Oceanário é o segundo maior do planeta, com uma vasta coleção de espécies marinhas, aves, mamíferos e peixes. A atração mais famosa e surpreendente do espaço é o Aquário Central, com mais de 5 milhões de litros, que representa o Oceano Global, com suas várias espécies de peixes. Outro charme do local são as simpáticas lontras que encantam e divertem os turistas.

17 – Teleférico de Lisboa

O Teleférico de Lisboa, mais popularmente conhecido como Teleférico do Parque das Nações ou Teleférico da Expo, é um passeio de cerca de oito minutos e pouco mais de 1 km, mas que oferece uma vista panorâmica maravilhosa da cidade. Um conselho: faça o passeio no fim da tarde e você terá uma vista da cidade no por do sol de tirar o fôlego. Depois, vale a pena curtir um dos muitos bares e restaurantes do Parque das Nações.

18 – Centros comerciais

É difícil visitar uma capital europeia e não querer fazer pelo menos algumas comprinhas. Lisboa conta com excelentes shoppings centers, como o Centro Comercial Colombo – considerado um dos melhores shoppings da Europa e mais de 400 lojas – e o Amoreiras Shopping, com mais de 340 lojas. Nos arredores da capital, vale a pena conferir o Outlet Freeport, considerado o melhor outlet da Europa, com mais de 140 lojas de marcas mundiais como Carolina Herrera, Versace, Adidas e várias outras marcas.

19 – Estádio da Luz

Principal estádio de futebol de Portugal e casa do Benfica, um dos mais populares times portugueses, o Estádio da Luz é um passeio quase obrigatório para os amantes de futebol. Na entrada do estádio há uma estátua do maior ídolo do esporte em Portugal, o jogador Eusébio.

20 – Sintra

Saindo um pouquinho de Lisboa, vale a pena conhecer a vila de Sintra, a pouco mais de 30 quilômetros de distância. Considerada Patrimônio Mundial pela UNESCO, a região oferece lindas paisagens naturais, além de palácios belíssimos como o Palácio Nacional de Sintra, o Palácio da Pena e o Castelo dos Mouros.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here