Cresce procura de brasileiros por visto de estudante português

0
339

No desafiador e instável cenário da educação e do mercado de trabalho brasileiro, estudantes têm buscado uma nova terra para concluir ou complementar a formação profissional. Nesse caminho, Portugal está entre os destinos preferidos pelos universitários que querem estudar no exterior por um período, semestre ou por mais tempo.

Só no Consulado Geral de Portugal em São Paulo, por exemplo, o número de pedidos de visto de estudante entre janeiro e maio de 2017 foi 148% maior em relação ao mesmo período de 2016. As solicitações de vistos de residência para estudos de mais de um ano aumentaram 320%.

O resultado reflete um crescimento visto em todo o país. Em 2016, a procura por solicitação de vistos em geral cresceu 54% em relação a 2015. Neste período, o visto de estudante correspondeu a 69% das solicitações, um aumento de 60%.

Os motivos para tamanho crescimento são muitos. Para começar, uma mudança na legislação portuguesa permitiu a candidatura de estrangeiros à graduação. Somado a isso, tem a incorporação da nota no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) para ingresso nos cursos.

Atualmente 22 instituições portuguesas, incluindo a Universidade de Coimbra – primeira a aceitar o Enem como forma de ingresso – usam a nota do Enem como procedimento para entrada na graduação. Outro fator foi o programa do Governo Federal “Ciência Sem Fronteiras”, que estimulou o intercâmbio de estudantes brasileiros em Portugal. A procura foi tanta que, em 2013, o programa foi suspenso com o objetivo de estimular os universitários a aprenderem outro idioma além do português.

Mesmo diante da suspensão, dados de universidades portuguesas apontaram um considerável aumento na busca de brasileiros por graduação e pós-graduação. O ano letivo de 2016-2017 da Universidade de Coimbra, por exemplo, registrou o maior número de brasileiros em licenciatura, mestrado e doutorado desde 2010: foram 2.300 estudantes, o dobro do que foi registrado no ano letivo de 2010-2011.

Números da Universidade do Porto indicam que, por lá, a maior parte dos estudantes brasileiros está na pós-graduação. São 204 na graduação, 386 fazendo mestrado e 385, doutorado.

Também se interessou em dar uma turbinada no seu currículo estudantil e profissional? Preparamos um guia com tudo o que você precisa saber sobre como estudar em Portugal .

Precisa de uma assessoria jurídica especializada?

O Vida Portugal ajuda! Entre em contacto connosco e iremos recomendar Advogados com experiência e especializados em Direito Migratório.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here