Como encontrar emprego em Portugal

0
1341

A economia portuguesa mostra sinais claros de que está se reerguendo e, com isso, o mercado se abre em várias novas vagas – que podem sim ser preenchidas por brasileiros que têm o sonho de trabalhar em Portugal. O primeiro passo para realizar a meta é se planejar ainda do Brasil, já que para trabalhar em terras lusitanas é preciso preencher alguns requisitos enquanto ainda está em solo brasileiro.

Como encontrar vaga

Encontrar uma vaga de trabalho morando no Brasil não é difícil, mas vai exigir paciência, tempo e perseverança. É preciso olhar sites de empregos, se candidatar às vagas e esperar o retorno de alguma.

A internet é o caminho a ser percorrido na busca da vaga portuguesa. Vale gastar horas em sites de empregos.  Os melhores portais para busca de emprego são:

Outro caminho é enviar o curriculum vitae diretamente para as empresas. O modelo mais utilizado na Europa é o Europass. Ele não é obrigatório, mas padroniza as principais informações. Muitas empresas europeias, especialmente as multinacionais, buscam candidatos no LinkedIn, por isso, não se esqueça de manter seu perfil atualizado e com uma boa foto de apresentação profissional (recomenda-se roupa escura e fundo liso e branco). Também é possível procurar por vagas no portal da União Europeia.

As regras de elaboração de um bom currículo também valem para quem busca uma vaga no exterior. Uma carta de apresentação atraente precisa ser objetiva e coesa, seguir a ordem cronológica e apresentar os pontos mais relevantes da experiência profissional e acadêmica. Muita atenção na escrita, para não escorregar na língua portuguesa.

Por fim, lembre-se também da carta de motivação. Ela é muito importante na avaliação de quem está recrutando. Escreva em cerca de três parágrafos o porquê da sua candidatura à vaga e por qual motivo você seria o candidato ideal para preenchê-la.

É importante ressaltar que o processo seletivo em Portugal é longo e criterioso, ele pode levar meses até a tão sonhada contratação, por isso, é preciso se planejar para esperar um bom tempinho nessa caminhada.

Visto de Trabalho

Quem não possui cidadania portuguesa ou europeia precisa de um visto de trabalho para exercer uma atividade profissional em Portugal. O primeiro ponto é encontrar uma oportunidade que ofereça contrato de trabalho ou contrato de promessa de trabalho, um documento emitido pela empresa que deverá conter detalhadamente dados como nome da empresa, endereço, função a ser ocupada, carga horária, além de informações pessoais do contratado. É com esse documento que o candidato à vaga irá dar entrada no visto. O processo de análise e liberação do visto de trabalho em Portugal demora cerca de 30 dias.

Documentos

Contrato em mãos, é preciso procurar o consulado de Portugal correspondente ao seu Estado e iniciar o processo de visto.  O candidato irá precisar dos seguintes documentos para conseguir o visto de trabalho para Portugal:

  • Contrato de Trabalho
  • Declaração do IEFP (de responsabilidade da empresa)
  • Declaração de pedido de visto preenchido online
  • Passaporte válido com validade superior a três meses
  • Meios de subsistência (como comprovantes financeiros ou imposto de renda do último ano)
  • Comprovante de alojamento (reserva de hotel de uma semana ou carta convite, por exemplo)
  • Seguro de saúde de viagem (Pode ser substituído pelo PB4)
  • Certificado de antecedentes criminais (obtido no site da Polícia Federal)
  • Duas fotos 3×4 coloridas, com fundo liso e recentes
  • Cópia autenticada da Identidade
  • Carteira de Vacinação Internacional
  • Pagamento do boleto do consulado (é importante observar se o consulado emite o boleto antes ou durante a entrevista)

Será que há vaga na minha área em Portugal?

Essa é uma dúvida que ronda a cabeça de muitos brasileiros. A resposta é: depende. Vagas de emprego podemos garantir que há, mas é preciso considerar se o candidato corresponde ao que está sendo pedido, como nível de escolaridade, idiomas falados, carta de motorista, entre outras especificações.

O nível de exigência do mercado português é alto, mas, assim como em todo lugar, sempre há espaço para profissionais qualificados. Uma boa dica é rodar pelos sites de emprego e pesquisar sobre sua área de atuação.

Quem tem visto de estudante pode trabalhar?

Sim, mas é preciso que a carga horária do trabalho não entre em conflito com o calendário escolar, comprovado com um documento da faculdade confirmando que a atividade laboral não irá atrapalhar os estudos. O estudante que conseguir um trabalho nessa condição pode procurar o Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) mais próximo e solicitar uma autorização de trabalho.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here