Vida Portugal na Web Summit: tudo sobre o maior evento tecnológico da Europa

0
237

De hoje a quinta-feira, Lisboa recebe a Web Summit, a maior conferência de empreendedorismo, tecnologia e inovação da Europa e considerada a melhor conferência de tecnologia do mundo. O Vida Portugal já carimbou o seu passaporte para o evento e vai rodar pela Feira Internacional de Lisboa (FIL) e na Altice Arena, no Parque das Nações, para ficar por dentro das principais novidades do mundo tecnológico.

É a segunda vez que a capital portuguesa recebe a Web Summit. Em 2017, a organização da conferência irá receber 60 mil participantes, 2.600 jornalistas e 1.400 investidores. Há 2.250 empresas expositoras nos vários pavilhões da FIL e a segurança do evento vai estar sob a responsabilidade de 2.000 agentes privados e da PSP.

Este ano, 21 conferências serão realizadas em simultâneo e mais de mil oradores passarão pelos palcos da Web Summit. O principal irá receber nomes de peso da comunidade tecnológica mundial, como Al Gore, ex-vice-presidente dos EUA; Margrethe Vestager, responsável pela multa recorde à Google; António Guterres, o único português no cargo de secretário-geral da ONU; François Hollande, ex-presidente francês; Mark Hurd, presidente da Oracle; Brad Smith, presidente da Microsoft; e Brad Parscale, responsável pela campanha digital de Donald Trump. Além disso, os palcos secundários irão discutir temas específicos como música, indústria automóvel, tecnologia financeira, saúde na era digital, marketing, robótica, esporte e mais.

E nem só de tecnologia é feita a Web Summit. Ainda será possível conferir a modelo portuguesa Sara Sampaio; Andrew Jones, criador dos efeitos visuais de Avatar; Suzy Menkes, editora internacional da Vogue; e Mike Massimino, o autor do primeiro tweet a ser publicado a partir do espaço.

A Web Summit nasceu em Dublin, na Irlanda, em 2010, para conectar a comunidade de tecnologia com todas as indústrias. Desde 2016 a conferência é sediada em Lisboa, graças ao entusiasmo da comunidade empreendedora e tecnológica portuguesa e ao pesado investimento feito pelo governo para receber o evento.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here